Pular para o conteúdo principal

Porque você deveria usar um software Cad?

  
Certa vez, conversando com um amigo que trabalhava em uma empresa de artefatos de uso doméstico, e ele me disse que na empresa que ele trabalhava, tudo era feito duas os três vezes até conseguir atingir algo satisfatório e que todos os produtos eram "empurrados" para o cliente com a seguinte frase: "Aqui está! Isso é o melhor que podemos fazer...".
Esse mesmo amigo também me contou que todos os projetos eram mal gerenciados, e tudo era feito as pressas, o produto era orçado de forma errada gerando prejuízo para empresa e também para os clientes.

Haviam produtos complexos que era orçado como produtos fáceis de se produzir e com baixo custo, então esses projetos eram feitos da forma mais rápida possível e nada parecia dar certo.
É aí que começava a dor de cabeça, produtos disfuncionais, reprovação por parte do cliente quando o esboço do projeto era apresentado, perda de materiais na produção de amostras, perda de tempo, desperdício de energia elétrica e insumos de maquinário de produção.

E acredite se quiser, também havia o contrário disto tudo, produtos simples que eram orçados por uma fortuna para clientes ingênuos e que eram produzidos de forma rápida e simples, sem nenhum diferencial para cliente final. E então você pergunta: “Qual o problema de se ganhar um dinheiro rápido?”
A questão é que quando o cliente descobre que pagou muito por quase nada, ele não retorna mais aquela empresa e encontra um novo fornecedor que promete fazer coisas novas e diferentes que valorizem o seu produto e que represente algo novo e inovador, por um custo inferior, ou simplesmente pelo mesmo preço.

Empresas como estas (citadas acima) existem aos montes em todo mundo e não precisamos andar muito para ter vários exemplos aqui no Brasil.
Estas empresas são geralmente gerenciadas por pessoas incompetentes e as vezes até mesmo prepotentes que conduzem o negócio para o fracasso e com isso, destruindo também a capacidade de desenvolvimento dos funcionários, a começar pelo projetista e passando para colaboradores da produção.

Esboçando ideias com caneta e papel

Um diferencial para um bom projetista é saber esboçar de forma rápida, um conjunto de ideias que é apresentada durante uma reunião ou na abordagem com um novo cliente engajado na concepção de um novo produto.
Neste ponto um bom desenhista/projetista, “Sim, aquele cara que adorava desenhar os amigos na época de escola”, é um grande diferencial para qualquer empresa que deseja se destacar na multidão.



Nem sempre é viável (aconselhável) projetar no computador, um produto que o cliente nem sabe se irá realmente produzir, quando menos tem uma noção da estimativa real de custo.

As vezes ocorre de entrar um cliente na sua empresa, com a ideia de criar algo que ninguém fez ainda e com o sonho de tornar-se um milionário com a patente de uma solução que ele criou, quando ele sonhou que bateu a cabeça na pia do banheiro da tia da prima da mulher dele a 5 anos atrás.
E então você fica entusiasmado pela oportunidade de se tornar um co-criador e empresa que produziu o primeiro protótipo e então você diz esfregando as mãos e com os olhos arregalados; “Eu tenho um projetista, o cara é ótimo! Ele vai criar um modelo em 3D para você!”.

A partir daí, todo mundo se empolga, sonhando com a possibilidade que ainda não existe e para resumir a história o projetista passa uma semana inteira se dividindo entre o dever e com o sonho de um produto revolucionário, extrusões complexas no Solidworks, peças impossíveis de se produzir, renders, animações de explosões de peças, detalhamento e etc.
E no final, quando o gerente confabula com o responsável pela contabilidade e diz para o projetista “Faz uma relação de material e tudo que é necessário para produzir, que eu vou fazer um orçamento para o cliente! Se tudo der certo agente começa a produzir os moldes na segunda-feira!”.



E passado duas semanas exaustivas de trabalho e discussões sobre o tal produto, chega o cliente e fica horrorizado com o valor do orçamento e diz: "Nossa! Isso tudo?!! Eu pensei que ficaria bem menos! Humm... Faz o seguinte eu vou pensar, conversar com o meu sócio e retorno pra você, tá jóia?"

Este cliente (“Cara”) já era! e não volta nunca mais, e o pior se ele for a outra empresa no futuro, ele já possui uma estimativa de custo, materiais alternativos para a produção mais barata e as vezes até amostras do desenho em 3D, vistas, renders, variações e etc.

Por isso é importante ter soluções rápidas e não perder tempo projetando por dias no computador ideias infrutíferas e sem real condição de se tornarem produtos massivos em uma linha de produção e que só consomem tempo e o mais importante, dinheiro.

Porque você deveria usar um software CAD?

Diante de um cliente sério e real, que tenha um grande projeto, que pode agregar financeiramente e na posição da empresa no mercado, é sempre bom ser recíproco e demonstrar comprometimento e profissionalismo.
Em uma reunião é possível “fisgar” o cliente apresentando as ideias que você tem para o seu projeto, alternativas de materiais, possíveis custos, variações, upgrades e tudo mais. Neste ponto um simples esboço rápido por parte do projetista irá chamar muito a atenção ou mesmo com uma apresentação de projetos similares direto da tela do seu notebook, ou tablet.

A partir deste ponto, basta definir todos os pontos como:

  • Orçamentos,
  • Métodos de fabricação,
  • Materiais,
  • Definição e datas para o início,
  • Metas de produção, 
  • Produção de protótipos, 
  • Testes e datas de conclusão do projeto.

É neste ponto que é essencial o uso de um software CAD e de um bom projetista, para definir digitalmente o produto a ser produzido, fazer simulações virtuais, analisar aspecto de consumo de materiais, peso, centro de gravidade, colisões, interferências, compatibilidade com peças de produção já existentes e tudo mais.

Sem um software CAD, todo e qualquer projeto nos dias atuais, seria muito mais caro para produzir e diversos problemas só seriam descobertos após meses de produção e criação de diversos protótipos e testes. Nos dias atuais, onde o foco é manufatura rápida e com baixos custos, sem o uso de softwares CAD (como Autocad, SolidWorks, Autodesk Inventor, Catia e outros), seria praticamente impossível produzir e lançar produtos, sem gastar rios de dinheiro e meses de mão de obra.

A grande maioria dos softwares CAD, está integrada com o desenvolvimento e com maquinários pesados das linhas de produção tais como, máquinas CNC, cortadoras a Laser, impressoras 3D e isso é a realidade do nosso futuro, ontem agora e sempre.

Então, a pergunta mais coesa, deveria ser; “Porque você ainda não sabe usar um software CAD?”.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Projeto de Esteira Transportadora

Esteira Transportadora industrial. Projeto de estudo realizado no Autodesk Inventor 2012.
Aqui, pude fazer o uso das ferramentas "Frame Generator" e recurso de criação de soldas, através do comando "Weld" do Inventor. A adição destes comandos, agrega informações nas folhas de detalhamento do projeto e também auxilia no calculo de orçamento final.
É extremamente interessante, ver como estas ferramentas simplificam o trabalho de projetar e testar algo que se tenha em mente.













</ iframe>





Plataforma Elevatória

Projeto de plataforma elevatória de base estática, para elevação de cargas, para carregar ou descarregar grandes veículos ou caminhões. O projeto foi criado, levando-se em consideração pequenas empresas, onde não há disponibilidade de grandes equipamentos, como por exemplo uma empilhadeira.



Um equipamento como este, seria capaz de realizar o serviço de carga e descarga, de produtos de grande peso, como tambores, caixas e outros tipos de mercadorias, elevando-os de uma base para outra.


Imagem renderizada da plataforma. 


A intenção do projeto é diminuir grande parte do esforço humano, usado durante esse tipo de trabalho, fazendo que a força de flexão seja feita pela máquina.
Na etapa seguinte, será estudado a análise de resistência máxima da plataforma, através do uso da ferramenta de análise de stress do Inventor 2012.


Vídeo com a análise de movimento da plataforma.



</ iframe>




Cálculo de engrenagem e simulação dinâmica

Cálculo de transmissão por engrenagem dentada, realizado no Inventor, com intuito de estudar o movimento de engrenagens e suas relações, para adição posterior em outros projetos.
Para este estudo, criei duas engrenagens dentadas de diâmetros diferentes, usando o comando "Synchronous Belt", que cria engrenagens e correias sincronizadas.






Posteriormente realizei o estudo de simulação dinâmica, realizando a aplicação de restrições de movimento e juntas necessárias, aplicando rotação de 3200 rpm e torque de 400 mNm
A simulação dinâmica é capaz de simular o movimento das engrenagens em tempo real.


Veja o vídeo: